Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Acordos e Convenções Coletivas

Compartilhe:
slide-site-negociacoes2018

ACORDOS E CONVENÇÕES EM NEGOCIAÇÃO

faixa

Convenção Coletiva de Trabalho de Rádios e TVs Abertas:

Nesta Convenção, serão determinadas as regras de relações de trabalho em empresas como TV e Rádio Globo, TV e Rádio Bandeirantes, TV Record, Rádio TUPI e outras.

ANDAMENTO: Em agosto nosso sindicato enviou a proposta dos trabalhadores aos representantes das empresas, que compareceram para a 1ª rodada de negociação somente dia 9/10. Rejeitaram reivindicações básicas, e estão pressionando para boicotar uma série de direitos, diminuir os salários e acabar com o abono. Com essa postura, o sindicato dos patrões (SERTERJ) mostra que a situação pode piorar muito se os radialistas não se mobilizarem contra essa tentativa de corte das emissoras.

No momento, a comissão de negociação dos trabalhadores prepara uma segunda contra-proposta para os patrões. Clique aqui para ver a proposta enviada pelo nosso sindicato com as reivindicações dos trabalhadores de Rádios e TVs Abertas do RJ.

 

Convenção Coletiva de Trabalho das TVs por Assinatura (e acesso condicionado):

Esta Convenção trata das relações de trabalho em empresas como ET, TVA, Vivo TV, Ver TV, Nossa TV, entre outras.

ANDAMENTO: Após a comissão do nosso sindicato apresentar a pauta com as reivindicações dos trabalhadores, os representantes do sindicato das empresas (SETA) trouxeram uma contra-proposta fraca. Ofereceram 1,6% de reajuste salarial, com manutenção no ticket refeição e todas as outras cláusulas econômicas. Como a inflação está em 3,51%, isso significaria uma perda salarial considerável. Então nossa comissão rejeitou a proposta de imediato.

As negociações agora seguem para a segunda rodada. Confira aqui as reivindicações dos trabalhadores de TVs por Assinatura e Acesso Condicionado do RJ.

 

Acordo Coletivo na Empresa Brasil de Comunicação:

Esta negociação, feita em parceria com os sindicatos de radialistas e jornalistas de SP, DF, MA e RJ, trata das relações de trabalho em todas as praças da EBC.

ANDAMENTO: Sexta-feira (31/08), após uma série de votações, as trabalhadoras e trabalhadores da EBC definiram sua pauta de reivindicações deste ano. A comissão responsável já entregou este documento à direção da empresa, dando início às negociações.

No momento, os representantes e sindicatos aguardam a devolutiva da empresa para convocar a próxima assembleia com a categoria. Clique para ler a proposta de Acordo Coletivo apresentada pelos trabalhadores.

 

Acordo Coletivo na SKY Brasil Serviços:

Esta negociação é feita diretamente entre representantes do nosso sindicato e da direção da empresa, e trata somente das relações de trabalho dos funcionários da SKY Brasil Serviços.

ANDAMENTO: A empresa optou por fazer uma negociação de Acordo Coletivo à parte, separada da negociação da Convenção Coletiva de Trabalho, que está sendo feita entre o sindicato dos trabalhadores e o sindicato patronal (SETA).  Isso porque trouxe uma proposta melhor que a do sindicato patronal, e mais próxima da reivindicação dos trabalhadores: 4,5% de reajuste salarial (aproximadamente 1% de aumento real), e manutenção das cláusulas sociais.

Nesta quinta-feira (6/09), será realizada uma assembleia para que os trabalhadores deem a palavra final e decidam se aceitam ou não esta proposta da empresa.

 

Acordo Coletivo na MVVS (instaladora da NET TV):

Esta negociação é feita diretamente entre representantes do nosso sindicato e da direção da empresa, e trata somente das relações de trabalho dos funcionários da MVVS, empresa que opera a instalação de serviços da Net TV no RJ.

ANDAMENTO: A direção da empresa está negociando um Acordo Coletivo diretamente com os trabalhadores, por meio do sindicato. Inicialmente, ela ofereceu reajuste de apenas 2%. Como a inflação acumulada no período é de 3,5% (segundo o IPCA), isso significaria uma perda salarial.

Portanto, nossa comissão rejeitou esta primeira proposta, e as negociações seguem agora para a segunda rodada.

 

ACORDOS E CONVENÇÕES VIGENTES

faixa

Acordo Coletivo na HTC Telecom (Campos):

Esta negociação é feita diretamente entre representantes do nosso sindicato e da direção da empresa, e trata somente das relações de trabalho dos funcionários da HTC Telecom, empresa que opera no Norte Fluminense, a partir de Campos dos Goytacazes.

CONCLUSÃO: Foram levantados pelos trabalhadores os principais pontos de reivindicação, e após a negociação do sindicato com a empresa, alcançamos um objetivo aprovado pelos funcionários. Em assembleia, no dia XXX os trabalhadores votaram a favor do fechamento do Acordo Coletivo na HTC Telecom. Clique para ver o documento oficial.

 

Acordo Coletivo na TV Turfe (Jockey Clube):

Esta negociação é feita diretamente entre representantes do nosso sindicato e da direção da empresa, e trata somente das relações de trabalho dos funcionários da TV Turfe, empresa que opera no Jockey Clube Brasil, no Rio de Janeiro.

CONCLUSÃO: Após reunião com o sindicato e a empresa, os trabalhadores decidiram em assembleia aceitar a proposta patronal de Acordo Coletivo, que funciona como aditivo da Convenção Coletiva de Trabalho das Rádios e Tvs Abertas. Isso significa que o Acordo não versa sobre todas as relações de trabalho, que continuam em jogo lá na negociação da Convenção Coletiva (que indicamos acima). O único ponto do Acordo é um aditivo, pelo qual os trabalhadores da TV Turfe conquistaram 400% de participação nos resultados.

A empresa pagará, a cada três meses, 100% de reajuste (ou seja, o dobro do salário), pelos próximos 2 anos. Clique aqui para ver a convocação oficial.

Deixe seu comentário:

Curta no Facebook

Últimas noticias