Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

5ª Rodada da Campanha Salarial de Rádio e TV aberta

Compartilhe:
noticias-campanhasalarial5b
Hoje, dia 23 de novembro, nos encontramos mais uma vez com o sindicato patronal para negociar a Convenção Coletiva de Trabalho 2017/18. Esperávamos uma resposta à nossa última proposta, mas ao invés disso eles apenas perguntaram quais os nossos pontos principais de reivindicação.
Respondemos com firmeza que queremos fechar um acordo o mais rápido possível, mas não o faremos sem que as empresas cedam em relação aos seguintes pontos:
  1. Um reajuste maior que 3%;
  2. Não podemos segmentar a categoria, excluindo os trabalhadores de rádios AM na CCT como os patrões querem;
  3. Precisamos manter o quinquênio (adicional por tempo de serviço);*
  4. Reforçamos também o quão ruim é o ponto em externa;**
  5. Além disso lembramos que é importante manter o abono/participação nos resultados em pelo menos os 45%;
Sobre alguns pontos, vale destacar:
* 3. Com uma pesquisa recente, revelamos que mais de 95% das empresas não têm sequer um plano de carreira e remuneração. Portanto, é furado o argumento patronal de querer tirar o adicional por tempo de serviço para pagar adicionais por “mérito”. A maioria das empresas não têm critérios de avaliação de mérito, e na prática querem apenas cortar o adicional ou distribuir por coleguismo e corromper esse direito em moeda de troca.
** 4. A proposta dos patrões é que o profissional de externa tenha que se deslocar por conta própria e sua jornada só seja computada a partir da chegada no local de filmagem, cuja distância pode variar abusivamente e causar um prejuízo de inúmeras horas de trabalho.


O sindicato patronal se comprometeu a trazer uma resposta para reunião do dia 30. Faça sua voz valer nesse momento e participe da decisão do seu futuro! Participe das assembleias, entre em contato com a gente, e
#VemComSeuSindicato.

Deixe seu comentário:

Minuto² SinRad

Últimas noticias